todo mundo veio de lá

(leia ouvindo essa música)

entre entes, ventre repare todo mundo veio de lá. entre antes de bater a saudade o arrependimento a porta abrace a humanidade. abra-se. tem beleza lá dentro. v.entre Já parou pra pensar que todo mundo veio do ventre, que então todo mundo tem ou teve uma mãe para estar aqui, juntos, agora, nesse momento? É tão óbvio, mas acho tão forte e bonito. Entendo e sinto que o que é óbvio e comum nos une. Dividir o mesmo ar, repetindo o mesmíssimo processo de inspirar e expirar, milhares de vezes, deixando existir tanta vida entre um e outro. Estamos mais juntos do que imaginamos estar. Somos vida, amor, braços e abraços. Um beijo, Sil

Posts Recentes

Arquivo