O movimento da pausa


(Leia esse texto ouvindo essa música.)

A pausa não para. A pausa é tempo. É espera de um tempo que pode ser desconhecido. É preparo para a próxima nota que vem e faz parte de toda a composição.

A pausa não quer ser amarrada. Então solta.

Pausa é liberdade e é movimento. Movimento silencioso, e às vezes solitário, para descobrir como chegar lá.

Onde quer que lá seja. Há um tempo atrás, eu fiz TaKeTiNa, e descobri a pausa, sem esperar o próximo movimento. É claro que não é sempre que a gente está preparado pra pausa, deixando a ansiedade acesa para o próximo movimento. Essa semana eu senti a pausa, e quis acelerar. Ainda bem que tem a QuintaLeve pra me lembrar que todo passo é um presente.

Obrigada a vocês que fazem parte dela e estão sempre por aqui!

Um beijo,

Sil

imagem: Nadi

*** Esse texto foi escrito originalmente para a QuintaLeve. Toda quinta, eu escrevo textos sobre a vida, as novidades do meu trabalho, insights e inspiracões. É a Quintaleve, de quintal, de leveza, de afeto. Cadastre-se e receba: www.silviastrass.com ***

Posts Recentes

Arquivo

Casamentos e presentes especiais feitos à mão