Ocupe


(Leia esse texto ouvindo essa música.)

Nesse carnaval aprendi que para brilhar no seu mais alto nível é preciso ocupar.

Ocupar- de você mesmo, assim como ele ocupa as ruas, trazendo memórias e sentimentos sinceros, quase infantis, de alegria e leveza.

Nesse carnaval, teve velhinho se emocionando com as ruas, casais e solteiros ocupando-se do amor, tiveram família inteiras ocupando-se da dança, da música e da fantasia que esses dias trazem. E o mais importante, talvez, teve criança aprendendo o que é tudo isso.

Aprendi que quando a gente se ocupa, a liberdade é infinita.

Ocupar-se é estar presente, encaixar-se, honrar-se e deixar seu brilho a mostra, é ouvir, saber e deixar ser.

Ocupar-se é deixar sua verdade ver o verde, o azul, o amarelo, o rosa.

Um beijo e feliz ano novo! ;) Sil

*** Esse texto foi escrito originalmente para a QuintaLeve. Toda quinta, eu escrevo textos sobre a vida, as novidades do meu trabalho, insights e inspiracões. É a Quintaleve, de quintal, de leveza, de afeto. Cadastre-se e receba: www.silviastrass.com ***

Posts Recentes

Arquivo